EN PT Inicio  

“Quando existe uma vontade, existe um caminho!

O meu compromisso e desejo é, enquanto peregrino, promover as peregrinações por caminhos alternativos às estradas, privilegiando a segurança e bem-estar dos peregrinos.
Enquanto treinador de pedestrianismo, divulgar a atividade como uma prática de ar livre que promove o lazer e a saúde dos praticantes, estimulando um contacto consciente e responsável com a Natureza.
Enquanto Guia de Peregrinos, quando solicitada a minha colaboração, acompanhar e orientar peregrinações. Pontualmente, colaborar na organização e logística de peregrinações pelos Caminhos de Fátima ou Santiago.

Em Maio estive no Santuário, com um grupo de cinco valentes peregrinas, juntos fizemos o Caminho do Tejo, e tivemos o privilégio de assistir às celebrações do Centenário da Primeira Aparição, com o Santo Padre, Papa Francisco e à Canonização dos Pastorinhos, Jacinta e Francisco.

Em Junho, para as celebrações do Centenário da Segunda Aparição, a peregrinação realizada, desta vez sozinho, foi Coimbra-Fátima (Caminho do Norte).

Em Julho, para as celebrações do Centenário da Terceira Aparição, percorri o Caminho Poente, ligando o Santuário de Nossa senhora da Nazaré à Cova de Iria, com mais dois irmãos peregrinos.

Em Agosto, tive o privilégio acompanhar um grupo muito heterogéneo de 11 valentes peregrinos, que apesar das altas temperaturas, percorreu o Caminho Nascente, ligando Tomar a Aljustrel, com passagem pelos Valinhos (local da 4ª aparição a 19 de Agosto de 1917) terminando a peregrinação na Cova da Iria no recinto do Santuário, junto ao Arco do Centenário.

Em Setembro foi-me permitido voltar a ter a felicidade de poder acompanhar a minha mãe até junto da MÃE.
Da Sé Catedral de Santarém ao Santuário de Fátima, percorrendo os 58 Km's finais do Caminho do Tejo.
Tranquilamente, desfrutando cada Km e cada segundo.

Em Outubro com a ajuda de NSRF percorrerei os 226 Kms que faltam, ligando o Porto a Fátima.
No total serão 27 dias em peregrinação, percorrendo 604 Km, nos Caminhos do Tejo, Norte, Nascente e Poente.
Pretende-se promover os caminhos de peregrinação pelos campos e promover e apoiar a Associação Humanidades a quem será entregue um euro por cada Km percorrido.

Neste ano de peregrinações tão especial, o Projeto “Seis Aparições, Seis Peregrinações” entregará um euro por cada Km percorrido à Associação Humanidades (http://www.humanus.pt/).
No ano de Fátima. No ano da Mãe faz ainda mais sentido apoiar esta causa.
Esta Associação ajuda, cuida, toca e transforma, a vida de muitas mulheres, que ainda meninas, são forçadas a crescer depressa para serem jovens mães, tantas vezes sem suporte familiar.
Uma Associação que tanto ajuda, merece ser ajudada.
No ano da Mãe, é importante colaborar, divulgar e angariar contributos solidários para o trabalho desenvolvido pela Associação Humanidades (http://www.humanus.pt/).
Vão ao site da Associação, verifiquem por vós mesmos o trabalho espantoso que fazem, contribuam se puderem, da forma que puderem.
O Projeto “Seis Aparições, Seis Peregrinações” entregará 604 Euros, um euro por cada KM, uma pequena mas sincera contribuição.
Identifique a contribuição com a sigla NSRF (Nossa Senhora do Rosário de Fátima) apenas para que as jovens mães, possam perceber que a ajuda é de Mãe para Mãe.

Fundada em 2010 a Associação de Amigos dos Caminhos de Fátima é uma organização sem fins lucrativos e tem por missão a organização, realização e apoio a peregrinações, recuperação, sinalização, conservação, promoção e divulgação dos caminhos para o Santuário de Fátima e Santiago de Compostela, bem como a criação de infra-estruturas de apoio aos peregrinos e promoção da sua segurança e bem-estar.

 “Entrega de donativo”

 O projeto "Seis Aparições, Seis Peregrinações", entregou hoje (3 de maio) um donativo à Associação Humanidades no valor de 142 € correspondente a 1 Euro por cada KM a percorrer no Caminho do Tejo, na peregrinação de Maio, a primeira das seis peregrinações do Centenário.


Desejamos conseguir entregar até ao final do projeto, mais 462€, correspondentes às 5 peregrinações ainda a realizar.


Ajuda simbólica, no ano de Maria, no ano da MÂE, a uma Associação que faz um trabalho notável e que tanto ajuda jovens Mães.